Amar desde a semente, é amar o Natural. Misteriosamente, o Homem sente-se conectado com o que lhe é espontâneo e natural. A Natureza  também, floresce do “Negro” de uma energia que conduz a vida do Homem, numa dicotomia de autoridade e submissão. O que nasce do “Negro” vem de crescimento difícil mas, fácil de florescer pelo seu poder cromático que lhe é simbolicamente, atribuído. No entanto, o Homem procura ainda na Natureza, entre rasgos de “Negro”, o “Branco” que lhe apazigua os sentidos e o liga ao que está para além, desse “Negro”. Deslumbrar o “Branco” na Natureza entre o “Negro”, é reconhecer nele a perfeição como ponte para a sua transformação e ascensão. “AMABILIS”, 2016

Carla Mendes

search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close